Estágio na ONU e no Banco Mundial

Organismos internacionais têm oportunidades para estudantes que sonham com carreira fora do Brasil

iG São Paulo | 17/09/2010 21:53

  • Mudar o tamanho da letra:
  • A+
  • A-

Um passo seguro na direção de uma carreira profissional internacional é aproveitar uma das oportunidades que as representações da Organização das Nações Unidas (ONU) instaladas no Brasil dão para os estudantes. Quem opta por esse caminho quer mais do que um bom emprego, quer participar de acontecimentos importantes no mundo em uma das mais conceituadas organizações do planeta. Para realizar esse sonho o futuro estagiário não pode colocar na balança o salário. Muitas dessas ofertas são para estágio sem remuneração. Para quem já se formou, a opção é o Banco Mundial que oferece duas opções de trainees, além de uma para estágio. No Banco, todas as oportunidades são fora do Brasil desde o primeiro dia. No ONU, o estágio é feito no país. Fique atualizado sobre as notícias do iG Estágio e Trainee pelo Twitter.

Segundo o diretor do Centro de Informação das Nações Unidas (Unic), Giancarlo Summa, a carreira na ONU é uma das mais concorridas do mundo. “Só por isso estagiar aqui já será um grande diferencial no currículo, pois terá tido experiências que poucas pessoas terão e esse é um grande passo para seguir carreira internacional”, afirma.

Em Brasília- As vagas, poucas, são muito disputadas e os locais para realizar o estágio são restritos. Grande parte da oferta está concentrada em Brasília (DF). Este é o caso da Organização das Nações Unidas para a Ciência e a Cultura (Unesco). O estágio nessa representação não é remunerado, tem duração de um a quatro meses, podendo ser estendido por mais dois meses, e é realizado somente no Distrito Federal. A jornada é integral, mas pode ser negociada para meio-período. Preenchidas essas condições resta apenas o pré-requisito de fluência no inglês ou francês.

Foto: Reuters

Reunião do Conselho de Segurança da ONU

Meio Ambiente - Outra representação com grande participação no Brasil e cujo estágio é feito apenas em Brasília é o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). Somente três estagiários atuam nesse organismo. As áreas permitidas são relações internacionais, direito, comunicação e algum curso relacionado ao meio ambiente, como engenharia ambiental, biologia ou geografia. Todas a partir do terceiro semestre. A bolsa-auxílio é de um salário mínimo e a jornada é de quatro horas diárias. A grande aposta do estagiário no Pnuma é que há a possibilidade de efetivação.

Restrita - O Unic também oferece estágio em apenas uma cidade, neste caso no Rio de Janeiro (RJ). A restrição no entanto é ainda maior, uma vez que a representação tem convênio com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) é só contrata estudante de comunicação dessa instituição de ensino. A ajuda de custo é de 250 reais.

Infância - O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) é tido como a mais conhecida representação da ONU no mundo. No Brasil, ele oferece estágio em Brasília, Belém (PA), Fortaleza (CE), Manaus (AM), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). Além da fluência em inglês, o Unicef exige duas cartas de referências. As vagas são para os estudantes de relações, internacionais, direito, e administração. Outra representação presente em mais cidades é a Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), que tem estágio não remunerado em Brasília e Manaus.

Banco Mundial – Para os recém-formados, a opção é se candidatar a um dos dois programas de trainee do Banco Mundial, instituição financeira que fornece empréstimo a países em desenvolvimento. O banco também dispõe de um programa para estagiários que passam de três a quatro meses em uma das filiais internacionais.

Segundo Roberto Silva, oficial administrativo do Banco Mundial no Brasil, o pré-requisito principal é inglês fluente e de preferência um terceiro idioma. “Em todos os escritórios temos pessoas de diversos lugares do mundo, é como se fossemos uma 'aldeia global'. No escritório de Brasília, por exemplo, temos pessoas de 12 nacionalidades diferentes”, conta ele.

Os dois programas de trainees (Junior Professional Associate e Young Professional Programm) prevêem um treinamento na sede do banco em Washington, Estados Unidos, seguido de um período entre dois e cinco anos de trabalho no exterior.

O interessado se cadastra no site do banco e quando um gerente em qualquer país precisa de um candidato, dá os pré-requisitos e são selecionadas de quatro a seis pessoas. É esse gerente que decide como será a seleção, se vai telefonar, conversar por vídeo ou apenas trocar e-mail.

ONGs - Veja  também como fazer um estágio nas organizações ambientais. São várias oportunidades de iniciar a carreira e salvar o planeta. Lei aqui.

Acompanhe as notícias pelo Twitter do iG Estágio e Trainee
 

    Notícias Relacionadas


    Ver de novo